Tweetar FINEZA de MOÇA: Novembro 2011

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Quando o tempo não passa mais no mesmo tempo


Parei de fazer tudo o que eu amo, e me dei conta de que havia algo errado.


Trabalho demais, sono de menos. Telefone demais, encontros de menos.


Livros de menos, revistas de menos, moda de menos..

Às vezes a vida prega uma peça na gente, quando tudo parecia dar certo.
Aí você escuta a mesma coisa do médico, do radiologista, da psicóloga e da benzedeira: paciência minha filha, porque nada é por acaso...
Tá, mas cadê a surpresa boa? Vai demorar muito?

É preciso parar e se dar a oportunidade de passar horas aprendendo a fazer aquela modelagem que nunca se imaginou capaz, melecando a cozinha e o cabelo com chocolate para presentear, arrumando o guarda-roupa em degradê, recortando todas as suas roupas velhas...




Eu sinto falta do tempo que me falta.


Pelas amigas (poucas) que tomaram caminhos diferentes, e esses são dolorosos no início da separação, e às vezes não têm volta.



Pelos que muito me ensinaram e fizeram confiar de novo..

Pelos amigos que ainda pretendem "pegar geral" até quando o tempo permitir, ou trocaram nossos carnavais por alguma moça emburrada que só sabe torcer o nariz e dizer "nããããão", ou por aquele emprego invejável que vai nos unir de novo 2 vezes ao ano.

É mágico ter com quem dividir o tempo que nos resta pra fazer absolutamente NADA importante: sorvete na praça, chá da tarde na Casa da Cultura, pôr-do-sol no Cristo, cineminha no domingo.. Ainda mais sabendo que no final, tudo continua igual.

Sem obstrução do tempo. 
Sem brigas, reclamações, e "você só trabalha e não tem tempo pra mim".


Li um artigo muito instigante que ensina a priorizar o nosso tempo, para que ele pare de passar tão rápido e nos deixar com esse vazio por dentro. O título é "esvaziar a cabeça é fundamental para produzir mais", mais ou menos assim:

"É preciso identificar e capturar ideias, projetos e objetivos que são significativos para você, e fazer uma grande lista, a mais completa possível. Você tem que externalizar tudo isso e colocar em algum lugar onde os dados fiquem seguros e você possa acessá-lo com facilidade.

O segundo estágio consiste em avaliar tudo que está na lista, sendo bem específico sobre cada item. O que aquilo significa para você? É algo que precisa de atenção imediata ou não? Que resultados espera alcançar? Qual o próximo passo para chegar lá?

Em seguida, vem o terceiro estágio, em que você organiza os resultados das suas decisões de uma maneira que torne fácil localizar todas as resoluções.

Por fim, a quarta fase é a da revisão e da reflexão. É preciso dar um passo para trás e observar todos os seus projetos, colocando no papel o que já foi feito e o que ainda precisa ser feito.

Depois disso tudo, tá liberado pra tomar uma pinguinha sem se preocupar porque saberá exatamente o que está deixando de fazer, e isso não será um problema."
David Allen

Mas não se esqueça que ele também pode ser seu melhor aliado.

Pra todos nós, que sentimos o tempo voar depois dos 18 e 24 horas muito pouco pra tudo, eu desejo ótimos melhores amigos, porque para cada ex-melhor amigo, há sempre outro por vir.
E por mais bofes-escândalos que apareçam em nossas vidas, não há o que substitua a liberdade de ser exatamente o que se é, mesmo ligando nas horas inadequadas, falando o que não se deve ou se portando de forma desalinhada na arquibancada geral de um jogo de futebol!!



terça-feira, 22 de novembro de 2011

Um Novo Conceito de Loja

Uma mistura de moda, história e conforto.
Quem é que não adoraria fazer compras, experimentar docinhos e maquiagens e ainda saborear um pouquinho do passado?
Num espaço tradicionalmente adaptado para esse sonho de consumo, a Cupcake, instalada num casarão dos anos 20, ainda promove encontros, palestras e outros lançamentos de moda.



Além de marcas renomadas como Adô, Coven, UMA e Maria Garcia, tem um espacinho vintage muito charmoso. Um roupeiro aberto recebe peças antigas selecionadas e marcadas com etiquetas de sua década correspondente.



Vale conferir a loja virtual, cheia de novidades!

Agenda de Moda

• O quê? Zero Grau, salão de calçados e acessórios, estreia neste temporada. O evento será palco para os lançamentos de inverno 2012 no Brasil e América Latina. Serão cerca de 5 mil metros quadrados de feira, além de diversas atividades paralelas.
Quando? 21 a 23 de novembro, das 10 às 19 horas.
Onde? Expogramado. Gramado (RS).
Quanto? Gratuito.
Contato?
www.feirazerograu.com.br

• O quê? Uniasselvi (Centro Universitário Leonardo da Vinci), convida para a 14ª Semana de Moda dos cursos específicos da área. Serão tratados temas ligados à moda, design, inovação, sustentabilidade, tendência, entre outros.
Quando? 23 e 24 de novembro.
Onde? Teatro Da Vinci. Indaial (SC).
Quanto? Gratuito.
Contato? (47) 3281 9000.


• O quê? Iguatemi Fashion Day, evento que movimenta a serra gaúcha, em uma noite dedicada à moda, através de desfiles de alto-verão de algumas marcas da cidade. Quem dirige é Eduardo Santos, da Tess Fashion Biz.
Quando? 24 de novembro.
Onde? Shopping Iguatemi, Caxias do Sul (RS).
Quanto? Gratuito.
Contato?
www.iguatemicaxias.com.br

• O quê? Workshop de consumo de moda, ministrado por Ana Paula Mirando, aborda o sistema de moda, buscando a compreensão do seu processo de adoção, desde a fase de inovação até a massificação, para servir de base ao desenvolvimento de grandes estratégias de marca e de comunicação.
Quando? 26 de novembro, das 9 às 18 horas.
Onde? ESPM, na Rua do Rosário, 90. Rio de Janeiro (RJ).
Quanto? R$ 580.
Contato?
www.institutoriomoda.com.br

• O quê? Caeci (Centro de Aperfeiçoamento Educacional e Científico), promove encontro entre Dani Masella, Daniela Vidiz e Flávia Prupest, em um bate papo que abordará conteúdo sobre as tendências de moda, estilo e beleza para o próximo verão e também apresentará dicas de maquiagem e moda para as festas de final de ano.
Quando? 26 de novembro, das 15 às 18 horas.
Onde? Caeci, na Alameda Lavandisca, 741. São Paulo (SP).
Quanto? Gratuito.
 
• O quê? Um dia com Bob Wolfenson, curso que dará a oportunidade de conhecer o processo criativo do artista na fotografia, seu local de trabalho, equipamentos e set de produção. Bob faz uma apresentação de sua trajetória profissional, passando por moda, publicidade, retratos, exposições e livros. 
Quando? 26 de novembro, das 10 às 17 horas.
Onde? Av. Mofarrej, 1200. São Paulo (SP).
Quanto? R$ 570.
 
• O quê? O Bureau de Comunicação e Moda promove mais uma edição do Fashion Reflexion, desta vez com o tema  Inputs primavera-verão 2012/13. Serão discutidas as inspirações de cores, materiais e formas para a temporada.
Quando? 30 de novembro, das 19h30 às 21h30.
Onde? Belo Horizonte (MG).
Quanto? R$ 180.
 
Por Usefashion
 
 
 

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Q! Bazar de Natal

De 19/11 a 23/12, acontece no Jockey Club de São Paulo um bazar poderosérrimo, capaz de provocar alvoroço e correria...



Os melhores preços, as melhores marcas.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Especial Louboutin

Em entrevista à Vogue inglesa, o designer Christian Louboutin, famoso pelos sapatos com solas vermelhas, se arriscou em explicar porque mulheres do mundo todo sofrem, mas não abandonam os saltos altos.



“Existe um elemento de sedução nos sapatos femininos que não existe para os homens”, diz Louboutin. “Pense em Marlene Dietrich cruzando as pernas e em toda a atitude da cena. A linguagem começa com o sapato e irradia por todo o corpo. Uma mulher pode parecer sexy, encantadora, espirituosa ou tímida por meio dos seus sapatos.”

E, na sua opinião, é por isso que as mulheres aguentam vestir sapatos dolorosos. “O desconforto é balanceado por outras coisas, que tem estão relacionadas com desejo. Você sente-se confiante, consciente do seu corpo”, disse o designer, que está lançando um livro comomerando 20 anos de carreira
?
QUAL A ALTURA DO SALTO IDEAL?

Usando um calçado normal, com salto 2-3 cm, a distribuição do peso na parte dianteira e posterior do pé é equilibrada. O peso do corpo fica distribuído de maneira mais uniforme.
Com os saltos de alturas consideráveis 6-7cm, a pressão vai toda para o hálux, nome científico para o popular dedão. À medida que a altura do salto aumenta,  mais peso vai sendo jogado para a parte anterior. O resultado pode vir em graus diversos, como sansaço, dor, deformidades ósseas como joanete ou problemas na musculatura da coxa e na curvatura lombar. 


Esclarecidas sobre o drama, precisamos equilibrar beleza e conforto no nosso dia-a-dia, e subir no salto com gosto, glamour e glória vez ou outra...

Em São Paulo para o seminário IHT Hot Luxury, de Suzy Menkes, o designer de sapatos Christian Louboutin – famoso pelos solados vermelhos – recebeu a imprensa no shopping Iguatemi antes de encontrar celebridades e atravessar o tapete vermelho colocado estrategicamente na frente da sua loja.



Ali, ele lançou e autografou alguns exemplares do livro que celebra seus 20 anos de carreira. Repleto de imagens de Phillippe Garcia e David Lynch, a publicação tem ainda prefácio escrito por John Malkovich.

“Eu adoro criar sapatos, adoro a atmofera artesanal que a produção envolve. Nos últimos 20 anos, a essência do meu trabalho não mudou”, disse ele. “A altura dos saltos sim! Lembro que os primeiros pares já pareciam altos na época, mas os de hoje são o dobro daqueles!”

Além de sapatos, o designer também contou que adora dançar a ver filmes indianos. “Para mim, a indústria de Bollywood é inspiradora como Hollywood na década de 1950”, disse. “Adoro as músicas, cores, a pesquisa dos temas e as mulheres, que são belíssimas.”

Louboutin ainda contou que em 2012 vai inaugurar mais uma loja da marca em São Paulo, dessa vez, no shopping Cidade Jardim. Lá, pretende dedicar mais espaço para a sua linha masculina de sapatos e sneakers.

 “Inauguramos uma loja exclusivamente masculina em agosto deste ano, um mês difícil em Paris, e ela foi muito bem sucedida”, disse. “Os brasileiros viajam e gostam dos modelos. Na nova loja, vamos dispor os sapatos femininos em um ambiente diferente dos masculinos, senão há um conflito de tamanhos e imagens", finalizou.

Guarda-roupa nº2

O conceito ideal de guarda-roupa de trabalho é um assunto delicado que deve ser levado em consideração.
Nos deparamos diariamente com inúmeras propagandas de lançamentos, hits de novelas, perfumes, tribos urbanas, maquiagens delirantes e sapatos altamente viciantes.
Salvas se o assunto em pauta for ESTILO, é bom dar uma olhadinha no look para ter certeza que não há vestígios de feriado!!
Os escritórios formais não acompanham o calendário fashion. Lá, o que vigora é a conduta corporativa. A produção certa é aquela que chama atenção para sua capacidade profissional, não para seu decote.

Portanto, precisamos nos conformar e deixar fora dos corredores da empresa os modismos que amamos.
Outra situação comum – por experiência própria - se precisar aparentar um pouco mais de idade numa reunião formal, ou impor sua função a outros funcionários ou clientes mais velhos, capriche nas peças de alfaiataria, scarpins e no make. Óculos de grau sempre dão uma mãozinha extra, se forem falsos, ninguém vai perceber. Opte pelas armações mais largas.


Abaixo algumas dicas (poderosas) da Gloria Kalil:

. Rendas e transparências: blusas com forro ou sobrepostas, sim; peças totalmente transparentes, que puxem para o estilo lingerie sexy, não. Rendas opacas, sim; rendas brilhantes, não.

. Couro: saia lápis pelo joelho, jaqueta, blazer, colete: podem entrar no escritório. Calça skinny, minissaia, não.

 . Peles: uma gola, sim; coletes, paletós, enfeites, deixe para a rua. Assim mesmo, prefira as falsas para não ser atacada por um membro da PETA.



. Saias: pelo joelho, sim; minissaias ou longas, não.

. Jeans: jeans escuros de corte reto, sim; os detonados,
com lavagens exóticas, desbotados e com furos, não.

. Botas: as ankle boots ou as de cano mais longo e de salto baixo, sim. As de saltos altíssimos, as de plataformas, as de canos muito longos, as cheias de ferragens, as de esporas, não.

. Make: sempre leve. Batom vinho e olho gato são bons para uma noitada.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Soldados de Lego invadem asfalto

O que você sentiria ao se deparar com uma cena dessas?
Feita por artistas holandeses, pintura em 3D foi inspirada no Exército de Terracota.


Pinturas de asfaltos feitas em 3D costumam impressionar de motoristas a pedestres curiosos. Mas a obra dos artistas holandeses Leon Keer, Remko van Schaik, Ruben Poncia e Peter Westerink consegue ser ainda mais interessante. Isso porque os artistas, que fazem parte do estúdio Planet Streetpainting, decidiram levar a combinação entre história antiga e arte contemporânea para o asfalto.

A obra foi inspirada no Exército de Terracota, com cerca de 8 mil estátuas de soldados chineses, encontrado em 1974, próximo ao mausoléu do primeiro imperador chinês, Qin Shi Huang. Além do número reduzido de soldados, a pintura conta com bonecos de Lego substituindo o exército chinês.

O exército de Lego em 3D faz parte do Sarasota 2011 Chalk Festival, evento realizado em novembro deste ano na Flórida, nos Estados Unidos.

Por PEGN

domingo, 13 de novembro de 2011

De babar...

As vitrines mais lindas, badaladas - e gostosas - do mundo!!

A finérrima Tiffany & Co. inovou com bordados em linhas mágicas






Forever 21




Agent Provocateur



 Luzes, Dior!

Lanvin, Louis Vuitton, Hermés, YSL e mais...








E viva a criatividade!!